Mais um homicídio é registrado em Rio Claro

Nesta noite de sexta-feira (1º), José Geraldo de Lima e Silva de 31 anos, que estava internado na Santa Casa de Rio Claro (SP), desde sua chegada ao hospital na terça-feira (29), foi a óbito.

Os Policiais Militares receberam uma ordem para comparecerem à Santa Casa de Rio Claro às 19h40min. O paciente, José Geraldo de Lima e Silva, havia sido socorrido por equipes do SAMU no dia 29 de Agosto, após supostas agressões físicas, embora a natureza dessas agressões e seus autores permaneçam desconhecidos.

Ao chegar à Santa Casa, José Geraldo de Lima e Silva apresentava períodos de confusão mental e alegou ter feito uso de cocaína. Seu estado de saúde era crítico, com lesões no tórax, contusão pulmonar, abdômen e escoriações no tórax. Infelizmente, não resistiu e sofreu uma parada cardiorrespiratória irreversível às 18h17.

Os Policiais Militares obtiveram cópias dos registros médicos da vítima, incluindo ficha de atendimento, avaliação hospitalar e um documento de encaminhamento ao Setor de Perícia – IML, que serão usados na investigação.

Os policiais não conseguiram estabelecer contato com nenhum parente ou pessoa relacionada à vítima, e o número de telefone disponível estava fora de serviço.

Diante das evidências de agressão física e da gravidade das lesões apresentadas por José Geraldo de Lima e Silva, o Boletim de Ocorrência foi registrado inicialmente como um homicídio. Um exame necroscópico foi solicitado para esclarecer as circunstâncias da morte, e todas as comunicações necessárias foram feitas às autoridades competentes.

As autoridades em Rio Claro agora aguardam respostas que possam lançar luz sobre os eventos que levaram à trágica morte de José Geraldo de Lima e Silva. Este foi o 20° homicídio registrado em Rio Claro (SP).

Comentários

Carregando o player...